segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

Não aos "histéricos da reivindicação"

Está correto um juiz de juizado especial cível pôr fim a um processo apenas porque seu valor é ínfimo?

Foi o que fez um juiz catarinense. O que chama a atenção na decisão são os fundamentos de que lançou mão o magistrado, para quem é hora de dar um basta e dizer "não" aos "histéricos da reivindicação".

Vale a pena perder vosso precioso tempo para ler esta sentença na íntegra. Por mais que haja "casos muito mais importantes esperando" pela vossa atenção.

Clicai em "Papo legal", aqui, ou no menu à direita, para ter acesso à íntegra da sentença.

Um comentário:

DANIEL PEARL disse...

O jornalista Luiz Nassif, em entrevista a Terra Magazine, acusou uma manipulação do câmbio em 1994/95. Procurados, FHC, André Lara Resende e Gustavo Franco não responderam à acusação. A Grande Mídia (Rede Globo, Rede Record, SBT, Veja, Época, Istoé, Estadão, Folha de São Paulo) se calou e continuará silenciosa para as gravíssimas denúncias de Nassif. Já o jornalista Arnaldo Jabor será processo pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia. Diante dos recentes acontecimentos, O Poder Judiciário num lamaçal até o pescoço continua agindo contra o povo brasileiro; a Polícia Militar prende o bandido e o Judiciário rapidinho, solta o marginal para voltar a infernizar o cidadão de bem. Você concorda com o Judiciário Brasileiro? Venha debater conosco, acesse o blog Desabafo País: http://desabafopais.blogspot.com Um abraço, Daniel Pearl.